Histórias (mal) cheirosas

01/07/2019

Narrativas de família com temas nojentos tornam a leitura bem divertida!

Quase toda família tem aquela história secreta, contada somente entre os membros do clã, de geração em geração. Caso a sua não tenha, pode pegar emprestado da Antologia Histórias (mal) Cheirosas! Um livro que fala de tudo que faz uma criança se divertir muito, aliás do nojo ao riso, as situações são bem inusitadas, de contos narrados pelas avós, de origem italiana ou portuguesa, até casos reais da infância, travessuras que ninguém tem, ou melhor, tinha coragem de revelar para alguém.

A origem desta obra tem destaque para o cenário: o Orquidário Municipal de Santos, no Verão de 2017, quando seis escritoras com elo na cidade, Aline Reis, Claudia Marczak, Maria Valéria Rezende, Rosana Rios, Susana Ventura e Tatá Bloom se reuniram não podia dar em outra coisa. Falando sobre suas origens e como a literatura entrou em suas vidas, as lembranças das infâncias e dos contos das avós, ganharam a cena, logo perceberam que o universo escatológico era comum e o encontro virou livro, com direito ao designer gráfico de Iêda Alcântara e a direção editorial de Pedro Cunha.

A boneca que defecava ouro, fadas que em seus castigos lançavam feitiços de xixi e cocô, crianças entediadas e endiabradas que resolvem fazer um concurso de fezes, os banheiros da roça com as malfadadas fossas que sempre proporcionavam acidentes, experiências para lá de fedorentas. Fadas disfarçadas, cheias de pulgas e piolhos, que testam a bondade de cada um; até mesmo uma princesa feita de lixo e um colar de cocô de cabrito para a inocente irmã mais nova podem ser encontrados nessas adaptações de contos de fadas e fábulas italianas, de Ítalo Calvino, ou nos contos abrasileirados, das pesquisas de Figueiredo Pimentel. Há ainda narrativas de contos brasileiros, recolhidas pelo folclorista Luis da Câmara Cascudo, adaptadas de contos de fadas semelhantes da Espanha e Portugal e até do povo Ioruba da África, só que com personagens animais, que remontam a história do homem do saco que pega crianças! Quem nunca ouviu essa? Eu mesma, quando pequena, morria de medo!

A obra ainda ganhou uma história original criada especialmente para ela: uma princesa que ganha várias qualidades das fadas, até que uma bem atrapalhada ao querer lhe dar um perfume marcante, solta um fedido pum, e a coitada real fica com um odor insuportável para além do seu reino! O destino da pobrezinha e o desfecho das outras histórias, você terá que ler o livro para saber. E, claro, aproveitar para contar para uma criança. Garanto que terão momentos inesquecíveis!

Histórias (mal) cheirosas

Autoras: Aline Reis, Claudia Marczak, Maria Valéria Rezende, Rosana Rios, Susana Ventura e Tatá Bloom

Páginas: 72

Editora Trejuli, 2018

R$26,00


Coletânea faz a gente rir do piolhos, puns e etc

Criançada vai se divertir com essas travessuras nojentas e fedidas.

Maria Valéria Rezende, Rosana Rios, Susana Ventura, Tatá Bloom, Aline Reis e Claudia Marczak